Nutrição Esportiva – Necessidade energética

A nutrição do atleta é determinante para o sucesso da equipe de corrida de aventura. Os praticantes de corrida de aventura, ou seja,  competições multi esportivas que envolvem geralmente trekking, mountain bike e canoagem necessitam de uma dieta especifica para competir. Isto inclui uma alimentação e suplementação diferente para cada tipo de prova. O nutricionista […]

A nutrição do atleta é determinante para o sucesso da equipe de corrida de aventura. Os praticantes de corrida de aventura, ou seja,  competições multi esportivas que envolvem geralmente trekking, mountain bike e canoagem necessitam de uma dieta especifica para competir. Isto inclui uma alimentação e suplementação diferente para cada tipo de prova.

O nutricionista além de orientar o atleta a não se privar do sono, na noite anterior a prova e evitar desgaste físico,  além de suprir a necessidade  energética , favorecer seu desempenho, diminuir a fadiga,  adequar o equilíbrio hidro-eletrolítico e  acelerar a recuperação depois da competição por meio do consumo de antioxidantes.

Para avaliar o gasto calórico estimado, o profissional que orientará o atleta deve considerar o ritmo da prova, das modalidades envolvidas, duração da prova, temperatura ambiente, tempo de repouso e da alimentação que pode variar de 4000Kcal até 10000Kcal por dia.

Estudos revelam que o consumo alimentar de macro e micronutrientes fica abaixo da verdadeira necessidade energética e de antioxidantes, contribuindo para o desgaste físico e mental do atleta.

Atualmente não existem diretrizes específicas para atletas de aventura, assim é  essencial para o Nutricionista, trabalhar com as recomendações gerais vigentes para atletas de endurance,  segundo a American Dietetic Association , Dietitians of Canada e American College of Sports Medicine , adaptadas às necessidades individuais dependendo do tempo de treinamento.

Recentemente foi validado um questionário de freqüência alimentar para avaliar, a curto prazo, a ingestão de antioxidantes por atletas o que contribui não só com informações sobre a ingestão de vitaminas e minerais como também componentes fenólicos de suma importância para a completa fisiologia humana no esporte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2014-2021. Portal da Nutrição Estética.