De tempos em tempos surgem notícias sobre um alimento que faz mal à saúde.

Passado alguns meses, outra notícia muda o conceito e ele passa a ser visto como saudável. Foi assim com o café, ovos, manteiga, chocolate, sal entre outros.

Atualmente, o que vem preocupando os consumidores são informações que envolvem alimentos que contém o glúten. O glúten está presente na mistura de proteínas presentes em diversos cereais, como o trigo, a cevada, o centeio e a aveia. Hoje, pode-se observar que vários comércios alimentícios destacam em seus cardápios a frase “não contém glúten”.

Estudos  comprovam que o glúten não faz mal, apenas prejudica pessoas que possuem a doença celíaca, portanto,  quem não possui, não sofre as reações químicas que danificam o intestino.

O problema em consumir alimentos que possuem glúten não está nessa proteína em si, mas sim nas outras características desses alimentos. Alimentos ricos em glúten são bastante energéticos. Como a energia é armazenada no corpo em forma de gordura, o consumo exagerado pode provocar  aumento de peso entre outras doenças provocadas pelo aumento de peso.

Deixe aqui seu Comentário

Loading Facebook Comments ...
A Dra. Monica Dalmacio é a nutricionista consultora do Fantástico, do programa Medida Certa. É professora convidada da Dra. Ana Carolina Puga e coordenadora da Pós-Graduação de Nutrição Estética e Esportiva do Nepuga.