A mandioca é conhecida em todo o país, mas possui um nome diferente em cada região. Independente se você a denomina de macaxeira ou aipim, o importante é saber que a mandioca é uma raiz rica em carboidratos e um dos principais responsáveis pela nutrição numa boa alimentação.

Alem do carboidrato, a mandioca carrega consigo, fibras, Vitamina B9 (ácido fólico), Vitamina C, Potássio, Magnésio, Manganês e Cobre.

Mandioca é um carboidrato que faz bem para a saúde

A mandioca aumenta os níveis de Serotonina do organismo, o neurotransmissor que atua nas regiões cerebrais responsáveis pela sensação do prazer, felicidade e bem-estar.

Essa raiz é uma “fonte de fibras isenta de glúten” (uma proteína altamente alergênica: produz inflamações internas criando alergia por todo o organismo) e rica em “amido de baixo índice glicêmico” (o que torna sua absorção mais lenta, pela corrente sanguínea).

Seu baixo índice glicêmico, a energia contida na mandioca é liberada gradualmente no organismo (sem picos de Insulina), o que ajuda a manter a sensação de saciedade por maior tempo.

Principais benefícios da mandioca para a saúde

  • Protege contra doenças cardíacas
  • Retarda o envelhecimento
  • Alívio da Doença Cardiovascular
  • Alívio da Hipertensão (Alta Pressão Sanguínea)
  • Previne da doença de Alzheimer
  • Previne a Osteoporose
  • Reduz do Risco de Diabetes Tipo II
  • Reduz a enxaqueca
  • Alívio da Síndrome Pré-Menstrual (TPM)
  • Ação antioxidante
  • Previne de crises de epilepsia
  • Aumenta a imunidade

A mandioca não deve ser comida crua. Isto é porque contém quantidades tóxicas de glicósidos cianogénicos. O cianeto está presente em maior quantidade na casca da raiz de mandioca e qualquer corte feito nesta parte da planta causa a ruptura de células que liberam ácidos venenosos. O consumo da mandioca cozida, no entanto, é totalmente seguro.

Pós Graduação Envelhecimento Saudável e Antiaging

Deixe aqui seu Comentário

Loading Facebook Comments ...