Ao iniciar a prática de exercícios físicos, muitas pessoas ficam com a dúvida se devem ou não fazer uso dos suplementos alimentares e quais são os mais indicados. Em lojas virtuais, nas prateleiras dos centros especializados e até mesmo nas farmácias é possível encontrar uma gama variada de produtos, que prometem grandes mudanças corporais em pouco tempo.

Emagrecimento, aumento de massa magra, definição muscular, ganho energético…. Seja qual for o seu objetivo, certamente haverá um complemento alimentar ideal. Porém, o que muitos consumidores não sabem é que o uso indiscriminado desses produtos pode levar a problemas de saúde, como pedras nos rins, por exemplo.

Como usá-lo corretamente?

De forma simplificada, podemos dizer que os suplementos precisam ser encarados, como o próprio nome já diz, como uma suplementação. Tais nutrientes só surtirão efeitos positivos se aliados à prática frequente de exercícios físicos e à dieta balanceada. As refeições não devem ser substituídas, mas sim apenas complementadas para que seja possível alcançar as novas necessidades físicas do corpo, refletindo nos ganhos estéticos. Portanto, investir em uma alimentação balanceada é essencial para que os resultados apareçam e para que a saúde não seja comprometida.

Podemos citar também alimentação pré-treino, que tem como objetivo principal fornecer energia para o corpo, de forma que o atleta evite a fadiga e conquiste um melhor desempenho durante as atividades físicas. Os carboidratos são as fontes energéticas mais indicadas, mas a opção deve ser sempre pelos complexos, que prolongam a digestão e evitam a queda de níveis glicêmicos. Alimentos e suplementos são capazes de fornecer a quantidade ideal de carbos para o organismo.

Já no pós-treino, o seu corpo passará a absorver mais rapidamente tudo o que foi perdido durante a prática de exercícios, portanto, invista em uma suplementação que ofereça vitaminas e minerais, além de fontes proteicas, essenciais para o momento de recuperação muscular. Ambas as sugestões são válidas tanto para quem deseja perder peso, quanto para quem gostaria de ganhar massa muscular, o que diferencia uma dieta da outra são as quantidades calóricas dos alimentos e os suplementos escolhidos.

Qual o suplemente ideal?

O suplemento ideal para você deve atender às necessidades fisiológicas do seu corpo, levar em conta o seu objetivo estético, se adequar à rotina diária, ser acessível – financeiramente falando – e, claro, contribuir positivamente para a saúde. Por conta da variedade de produtos alimentares disponíveis no mercado, o Ministério da Saúde dividiu os suplementos em grupos. Veja para que servem as categorias e quais são os resultados que estas promovem no corpo.

Energéticos: Por proporcionarem energia para o corpo, os carboidratos magros podem ser consumidos por meio da ingestão dos energéticos, antes e durante os treinos. Maltodextrina e dextrose são os produtos mais utilizados desse grupo, sendo encontrados em pó ou gel.

Proteicos: Para ampliar o consumo diário de proteínas e garantir a reposição para o corpo, os suplementos proteicos são indicados após o treino por quem deseja definição ou hipertrofia muscular. Whey Protein, Caseína e Albumina são os mais indicados e podem ser encontrados em pó ou barra.

Compensadores: Para quem está desnutrido, ou para quem ampliou as necessidades por conta dos treinos intensos, os compensadores são indicados porque contam com carboidratos, lipídios, proteínas, vitaminas e minerais. As versões em pó e líquido estão disponíveis nas lojas especializadas.

Repositores: Por conta da prática intensa de atividades físicas, o corpo passa a necessitar da reposição de água, eletrólitos e carboidratos de maneira acelerada, com o intuito de evitar a desidratação. Para tal objetivo você encontra à venda as bebidas repositoras.

Aminoácidos: Para o aumento da massa magra e para a reposição muscular estão disponíveis os BCAAs, aminoácidos de cadeira ramificada: Leucina, Isoleucina e Valina. Os comprimidos devem ser utilizados antes da prática de exercícios físicos de longa duração ou de alta intensidade.

Termogênicos: Caso o seu objetivo seja emagrecer e ainda conquistar energia para os treinos, o mercado alimentício disponibiliza os termogênicos, suplementos que contêm substâncias que aceleram o metabolismo, tais como cafeína ou o guaraná em pó. Dessa forma, o corpo passa a aumentar a queima de gordura, gerando a perda de peso.

Além dos suplementos citados acima, você pode ainda encontrar os compostos vitamínicos, minerais e antioxidantes, que visam proteger o corpo contra a redução da imunidade, garantindo ainda mais saúde e ganho físico.

Antes de escolher o produto ideal para você, procure a ajuda de um profissional capacitado, que poderá reajustar a sua dieta e incluir tais complementos no seu dia a dia. Não se esqueça de praticar os exercícios ideais para a sua finalidade, levando sempre em conta a fisiologia de cada esporte. De modo geral podemos dizer que os aeróbicos atuam no gasto calórico, enquanto os anaeróbicos contribuem para o ganho de massa muscular. Lembre-se sempre: a mudança física em seu corpo começa em sua saúde.

Você já utilizou algum suplemento alimentar? Conte-nos sua experiência através dos comentários!

Deixe aqui seu Comentário

Loading Facebook Comments ...
A Dra. Monica Dalmacio é a nutricionista consultora do Fantástico, do programa Medida Certa. É professora convidada da Dra. Ana Carolina Puga e coordenadora da Pós-Graduação de Nutrição Estética e Esportiva do Nepuga.