Comidas congeladas e processadas: ganho de tempo e perda da saúde

Vida agitada, tempos modernos e longas jornadas de trabalho fazem parte do nosso cotidiano e nos deixam exaustos até para cozinhar. Com isso, vemos nos mercados inúmeras marcas de comidas congeladas, processadas e rápidas de preparar. E os restaurantes de Fast Food então? Filas enormes nos horários de almoço ou do jantar. Mas os alimentos […]
Vida agitada, tempos modernos e longas jornadas de trabalho fazem parte do nosso cotidiano e nos deixam exaustos até para cozinhar. Com isso, vemos nos mercados inúmeras marcas de comidas congeladas, processadas e rápidas de preparar. E os restaurantes de Fast Food então? Filas enormes nos horários de almoço ou do jantar. Mas os alimentos congelados e processados contém diversas substâncias químicas, entre elas os conservantes. O processo de industrialização, geralmente, altera a cor, o sabor e a consistência de muitos alimentos, o que torna “necessário” também o uso de corantes, aromatizantes e outros aditivos químicos. A consequência de ter esse tipo de alimentação será um organismo propenso a obesidade, doenças cardiovasculares, câncer, diabetes, entre tantas outras.

Não pegue doenças com a mão

Se pararmos para analisar friamente, nós somos os principais causadores de nossas próprias doenças. Com diversas desculpas, achamos que não temos tempo de preparar para nós e nossa família uma boa alimentação sem se dar conta de que na realidade estamos, aos poucos, nos envenenando. Não ter tempo para se alimentar corretamente é estar ciente que precisará “achar” tempo para a doença. O organismo é como uma plantação, para ter uma boa colheita, ou seja, uma velhice saudável e feliz, é preciso cuidar enquanto ainda é novo.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2014-2021. Portal da Nutrição Estética.