Fim de ano chegou e com ele chegam as festas, reuniões, confraternização e, claro, o churrasquinho com os amigos e familiares.

Mas será que uma tarde de churrasco em volta da piscina pode atrapalhar a rotineira alimentação saudável? A nutricionista Monica Dalmacio dá as dicas.

A carne assada é rica em ferro e vitaminas e ferro, porém, pesa no estômago, para aqueles que exageram na quantidade. “Para digerir este alimento, o organismo pode levar até seis horas. Mas para que possamos aproveitar as qualidades nutricionais do churrasco, temos que levar em conta os acompanhamentos para que não haja desconforto”, explica.

Segundo Monica, em um churrasco, não devem faltar saladas por ser fonte de fibra. “Acrescentar saladas de alface, agrião, nabo, cebola crua, tomate e cenoura contribui para o funcionamento estomacal”, afirma.

Fazer do abacaxi uma fruta presente na churrasqueira ou até mesmo como sobremesa soma pontos positivos. Na composição da fruta, encontramos a bromelina, uma enzima que ajuda a digerir as proteínas da carne.

Além das saladas e das frutas, a bebida também pode fazer a diferença na digestão. Suco de limão é ideal para acompanhar por se tratar de um alimento digestivo.

O que evitar

  • Alimentos ricos em carboidrato e cálcio como:
  • Pão,
  • Batata palha,
  • Batata frita,
  • Carboidratos em geral
  • Farofa,
  • Maionese,
  • Frituras,
  • Queijos

 

 

Deixe aqui seu Comentário

Loading Facebook Comments ...
A Dra. Monica Dalmacio é a nutricionista consultora do Fantástico, do programa Medida Certa. É professora convidada da Dra. Ana Carolina Puga e coordenadora da Pós-Graduação de Nutrição Estética e Esportiva do Nepuga.