Alimentos mofados: Saiba dos riscos para sua saúde

0
1003

pão-mofado

Sabe aquele pão esquecido no canto do armário que quando você abre vem aquela surpresa ao redor dele, esverdeado? Então este é o bolor que encontramos em vários alimentos, não só no pão, mas em queijos, iogurtes, entre outros.

Se deixarmos algum alimento de bobeira, ele mofa. O mesmo fungo que ajuda a fabricar, ajuda a destruir, pois eles causam a contaminação dos alimentos, por meio da matéria prima ou do produto final, causando uma diminuição do valor nutritivo do alimento. Estes bolores nada mais são que uma concentração de fungos, organismos decompositores na natureza e presentes em matéria orgânica exposta. Quando visualizamos um amontoado de fungo, estes nada mais são do que as hifas, o corpo dos fungos.Fungos-e-Bactérias-na-Alimentação-4-500x334

De acordo com a nutricionista Monica Dalmacio, o fungo, por si só, não causa mal. “Porém alguns deles produzem substâncias tóxicas que podem provocar intoxicações alimentares e outras doenças graves, cancerígenas“, diz.

Dentro da classificação de tipos de bolores existem milhares, portanto é difícil identificar qual está povoando os alimentos da sua geladeira ou armário, por isso não há como saber se aquele tipo de fungo pode fazer mal ou não a você.  “Na dúvida, não consuma o alimento mofado”, ressalta.

Fungos que trazem benefício

cevaNão são todos alimentos mofados que são maléficos ao nosso organismo. Muitos fungos são utilizados para fabricação de alimentos. Os iogurtes, queijos, bebidas fermentadas, como vinho, cerveja entre outros.

A Dra. Monica Dalmacio é a nutricionista consultora do Fantástico, do programa Medida Certa. É professora convidada da Dra. Ana Carolina Puga e coordenadora da Pós-Graduação de Nutrição Estética e Esportiva do Nepuga.
A Dra. Monica Dalmacio é a nutricionista consultora do Fantástico, do programa Medida Certa. É professora convidada da Dra. Ana Carolina Puga e coordenadora da Pós-Graduação de Nutrição Estética e Esportiva do Nepuga.